quinta-feira, 15 de dezembro de 2016

Tradução da matéria do PopDust sobre "Somebody's Angel"

Um encontro casual pode mudar toda a trajetória da sua vida. Jacquie Lee, que perdeu sua melhor amiga e colega "Christina Grimmie" em um tiroteio mortal este ano, relembra um momento especialmente poderoso que não só a consolou, mas a inspirou a escrever uma música. "Uma mulher sem teto aproximou-se aleatoriamente de mim, de fora de um Starbucks, pouco depois de Christina ter falecido. Eu estava tendo muita dificuldade em voltar para minha rotina e minha vida normal" - ela compartilha exclusivamente com o Popdust sobre a música. 


"Somebody's Angel" é uma faixa no estilo downtempo, com uma simples, mas profunda mensagem. "Ela começou a se envolver em uma conversa e a se abrir sobre como ela estava lidando com a morte de sua mãe. Ela não tinha uma perspectiva ruim de nada, era mais uma perspectiva confortante, e ela não estava louca ou drogada. Eu senti como se eu tivesse que conhecê-la por uma razão." Lee continua. "Ela me perguntou se eu já tinha lidado com a morte alguma vez e se eu acreditava em um paraíso. Surpreendentemente, eu comecei a me abrir para ela dentro de segundos. Todos os detalhes da dor de perda e fé foram saindo da minha boca. Antes de eu ter que sair, ela me deixou com essas palavras, 'Não se preocupe, ela está em um lugar melhor, te prometo. Ela é o anjo de alguém agora'. Por alguma razão, essas palavras realmente me atingiram e ficaram comigo. Eu tinha ouvido tantas frases fragmentadas de amigos e familiares tentando me confortar, mas por alguma razão, "ela é o anjo de alguém" me ajudou a acreditar que ela estava em um lugar melhor. Se há algo que a presença de Christina se assemelha mais, é a de um anjo ", diz Lee. 

Foi quando "Somebody's Angel" tornou-se algo muito maior do que Lee previu. Ela "imediatamente foi para casa e escreveu a canção" e "logo depois de gravar a música, eu corri para a mesma mulher. Eu corri até ela para agradecer a ela e ela sorriu e disse: 'Ela teria gostado disso.' Restaurou um pouco da esperança de que Christina está cuidando de todos, é difícil explicar a presença que essa mulher teve em palavras, mas ela me fez passar por um tempo sombrio, eu não a sentia como uma estranha."

"Oh, my love, can't see no light shine through. It's dark out here and right now, I'm needing you," A cantora lamenta no primeiro verso. "Wish I could hear the words that you say to me right now...wish I knew where you were, you were here with me somehow...but you're somebody's angel now..."  

Embora escrever a letra não fosse particularmente difícil - "Eu estava apenas sendo honesta sobre o que eu sentia e o que eu estava passando no momento", diz ela - o processamento do que aconteceu foi, compreensivelmente, muito mais oneroso. "Eu estava tentando encontrar uma maneira de entender por que isso aconteceu e acredito que ela estaria em um lugar melhor, e eu estava passando por um período difícil tentando lidar com sua morte." 

Lee desenhou no disco de Elvis Presley "I Can't Help Falling in Love with you" - "meu cover favorito que [Christina] cantou" - algo como um modelo para a nova canção. "A vibração e a instrumentação tinham que ser semelhantes, precisava ter uma guitarra elétrica e um timbre de blues, precisava parecer como Elvis", explica. "Estranhamente, criar esta música e adicionar pequenos detalhes que foram inspirados por Christina, e nossas memórias juntas, me deram muito conforto e tranquilidade. Agora eu sempre vou associar esse sentimento com uma guitarra elétrica".

Quando se tratou de gravar a música, "foi muito emocionante", diz Lee. "Eu me lembro de estar sentada no estúdio do produtor David Pramik com todas as luzes apagadas e chorando no microfone. Foi um momento em que as coisas estavam começando a afundar e parecer real."

No clipe oficial da música, Lee usa seus próprios desenhos feitos à mão para enquadrar não só sua dor sobre a perda de Grimmie, mas para reconhecer o que é, talvez, um dos anos mais problemáticos e devastadores na história atual. Apresentando imagens de notícias reais, Lee honra a passagem de grandes ícones culturais, que vão desde a primeira-dama Nancy Reagan e David Bowie para as atrizes Doris Roberts e Prince; Entre eles, também presta homenagem às vítimas do furacão Matthew, do tiroteio de Orlando e dos perdidos no ataque de Nice, na França: "Eu queria que fosse o mais real possível. Quando todas essas tragédias aconteceram, todos nós não podíamos acreditar no que estávamos vendo quando ligamos a TV ou o computador, observando com amigos e familiares", diz Lee. "É algo que todos nós estamos lutando contra coletivamente e eu queria ter a certeza de que estava representado isso no clipe." 


 

Sobre como ela chegou ao conceito do vídeo, ela explica: "Durante este processo, meus olhos se abriram para toda a tragédia e perda que experimentamos ao longo de nossas vidas. Eu sentia como se, neste ano especificamente, todos nós tivéssemos sido tocados pela passagem de alguém, quer conhecêssemos pessoalmente ou não. O processo também abriu meus olhos para toda a dor, a violência sem sentido e as perguntas as quais não temos respostas. Embora eu não tivesse clareza sobre o porquê de tudo isso acontecer, a única coisa que eu sabia era que a música deveria nos unir. É preciso estar lá por você quando se sente sozinho ou sem esperança. Eu espero que esta canção una as pessoas em memória de tudo que nós perdemos e que de alguma forma, [esta canção] possa ajudar todos os que a ouvirem a lidar e superar os tempos difíceis que inevitavelmente vêm. Funcionou pra mim, então espero que funcione para você também."

"O que eu quero que as pessoas tirem dessa música é a unidade. Quero que alguém que esteja sofrendo saiba que não está sozinho e que estamos todos juntos", acrescenta.

Refletindo sobre sua própria jornada através da escrita e gravação de uma canção tão importante, ela diz que "percebeu o quão sortuda eu era de ter esta saída para a minha raiva e tristeza. Escrever e gravar esta música também me ajudou a aceitar que isso realmente aconteceu. Foi muito terapêutico. Passar por todas as memórias e liberar uma obra de arte para o mundo que sempre será para Christina, me faz sentir como se tivesse feito algo certo ". 

Muito maravilhosa, né? Nos inspiramos muito! Somos agradecidos por acompanhar a Jacquie nesse processo há tanto tempo e por podermos ver o quanto ela amadureceu e cresceu. Só felicidade!

A matéria foi feita por Jason Scott e você pode conferir na íntegra no site do PopDust: http://www.popdust.com/jacquie-lee-somebodys-angel-song-video-premiere-2148747544.html?socialshare=TW1D 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deus é tudo!