segunda-feira, 30 de junho de 2014

Entrevista de Jacquie Lee para Mark Franklin, do Idol Chatteryd

Jacquie Lee foi recentemente entrevistada pelo blogueiro Mark Franklin. Ela falou sobre a turnê do "The Voice", da qual participa, seu primeiro single, "Broken Ones" e o futuro de sua carreira musical. Leia a tradução completa a seguir.

JACQUIE LEE FALA SOBRE A THE VOICE SUMMER TOUR, BROKEN ONES E SEU FUTURO MUSICAL

Jacquie Lee retornou ao "The Voice" para apresentar seu single de estreia, "Broken Ones"
Jacquie Lee fez 17 anos na última quarta-feira.
E ela passou parte de seu aniversário se apresentando para uma multidão de fãs adoráveis em Tampa, Flórida, como parte da The Voice Summer Tour.

Ter seu nome cantando por seus colegas de turnê (durante o "Parabéns" entoado por eles e o público), Jacquie admite, é uma coisa que ela não tinha imaginado há somente um ano atrás.
"Eles são todos super talentosos," ela diz. "Algumas vezes, eu fico tipo, 'Porque eu estou aqui?' Mas você deve ter confiança em si mesmo."
E por que não?
Apesar de sua inexperiência em um show que atrai cantores toda temporada, Jacquie trilhou seu caminho para o segundo lugar da quinta temporada, possuindo uma grande voz, alcance marcante e uma postura surpreendente para alguém tão jovem.
Ela também parece ter um plano para sua carreira como cantora.
*Assinando com a Atlantic Records, Jacquie lançou um single de estreia no mês passado. Ela gostaria de lançar um álbum mais tarde, ainda esse ano, mas teme que talvez isso seja muito ambicioso com a turnê de verão e seus outros compromissos. Então, ela espera lançar um EP em novembro e um álbum no próximo ano.
*Jacquie diz que está determinada para aprender o "não sempre tão bonito" lado de negócios da música. "Eu quero estar envolvida em tudo. Não quero ser um daqueles cantores que não sabe o que está acontecendo com a sua própria carreira."
*Embora planeje adiar por um ano, para dar à sua carreira musical um tempo para crescer, ela ainda irá se aplicar para uma faculdade, "É a coisa mais inteligente a se fazer - tenha sempre um plano reserva", ela diz. "Mas eu nunca irei desistir da música."
Jacquie claramente está orgulhosa de seu primeiro single, "Broken Ones". "Escrito pelo trio Andy Love, Dana Parish e Andy Hollander, ele é milhas distante da música "chiclete" esperada pelos fãs, considerando vir de uma adolescente revelada em um programa musical. A música é sobre a necessidade de aceitar aqueles que se sentem quebrados porque, depois de tudo, nós todos nos sentimos assim em algum ponto. 
"Para mim, foi uma música que tocou meu coração porque, obviamente, o ensino médio é muito difícil de se ambientar o tempo todo," Jacquie diz. "É um pouco reconfortante para mim dizer que você deve abraçar sua esquisitice e tentar não se esconder disso. Eu me sinto no lugar errado as vezes."
"E eu amo a profundidade da música e como ela pode se relacionar com as pessoas em diferentes níveis. Definitivamente, este é o meu tipo de música."
Jacquie descreve a si mesma como uma cantora e compositora soul e promete "haverá certamente muitas músicas escritas por mim no EP e no álbum." Ela diz que gostaria de ir um pouco mais para a música alternativa, mas não se preocupa muito sobre gêneros quando escreve.
Ela retornou para o "The Voice" na última temporada para cantar "Broken Ones", uma performance que levou sua música para o top 20 da lista pop do iTunes. Ela também canta o single toda noite no toura turnê, bem como "I Put a Speel on You", uma de suas músicas marcantes no programa.
A turnê - com paradas em Hershey e Baltimore no início do próximo mês - tem apresentações em medley e números em grupo também, sem mencionar os benefícios aparentemente intermináveis para alguém que nunca participou de algo deste tipo antes.
"Eu já melhorei minha presença no palco em somente alguns show que já fiz," Jacquie diz. "Todo mundo com quem eu estou trabalhando agora tem uma grande presença no palco, eles o comandam, falam com a plateia e interagem com o público. Estou muito melhor somente observando eles. 
"Nessa turnê, todo mundo tem trabalhado muito duro e colocado muito tempo e energia aprendendo coisas super rápido. Então, os números em grupo são incríveis. E eu penso que toda a química é mostrada no palco porque é real. Nós não estamos colocando caras falsas e fingindo estarmos gostando um do outro."
Também há a oportunidade de Jacquie encontrar os fãs que tem apoiado ela e seu novo single, postando vídeos dos versos da música, fazendo camisas, e, até mesmo, criando instruções para fãs em outros países sobre como comprar a música.
"Está é a parte legal," Jacquie diz. "Eu sempre estive atrás da tela da TV, então nunca tive a oportunidade de ver quantas pessoas são realmente fãs do show ou de mim em particular. Durante o Meet & Greet, você pode ver quantas pessoas você atingiu sem nunca ter conhecido.
"E, depois do show, algumas vezes, há uma multidão te esperando perto do ônibus. Eles estão cansados. Dançaram durante o show inteiro. E mesmo assim eles esperam algumas horas apenas para te ver no ônibus e talvez conseguir uma foto com você."
E, finalmente, existe a chance de apresentar sua própria música, ao vivo, como parte da turnê nacional, no seu aniversário de 17 anos.
"Não existe nada que eu preferiria estar fazendo," Jacquie diz.
E como foi isso?
Jacquie tuitou na noite de quarta-feira: "Nada demais, apenas milhares de pessoas cantando para mim feliz aniversário no palco com um bolo e 8 pessoas que eu amo. #melhoraniversário #eusentioamor"

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deus é tudo!