sábado, 8 de fevereiro de 2014

Melhores Apresentações de Jacquie Lee no The Voice US

Escolher as melhores apresentações de Jacquie Lee no The Voice US é tarefa quase impossível, tamanha a qualidade das performances. Mas vocês, leitores, mostraram bom gosto e nos ajudaram brilhantemente nessa árdua tarefa. Agradecemos muito por esta participação. Aqui está o Top 5 escolhido por vocês (com dois empates). Aproveitem! 

5° Lugar - Cry Baby


Uma performance furiosa, emocionante, pra Janis Joplin nenhuma por defeito! Uma agressividade tamanha na voz, que até quem estava acostumado com a intensidade das apresentações de Jacquie, se surpreendeu. E então, no final, ela cai de joelhos no chão, levando consigo o pedestal, nos remetendo à imagem de sua coach, Christina, no Grammy 2007. Uma apresentação incrível, que conquistou um merecido quinto lugar na nossa enquete.

4° Lugar - Who's Lovin' You Now


Uma introdução a capella. Sem qualquer referência. Algo completamente inédito e único no programa. Um falsete encantador no último “you” antes que a música seguisse, agora com acompanhamento da banda. Nenhum erro. Plateia eufórica. “A volta por cima”. Toda genialidade dessa performance, que também mostra uma Jacquie com uma maior desenvoltura no palco, pareceu ser crucial para que ela não ficasse de fora desse Top 5. Como esquecer o momento em que ela se ajoelha furiosa cantando os memoráveis "All I can do since you've been gone is cry"? Nem a coach Christina Aguilera conseguiu ficar parada diante daquele show! 

4° Lugar - Stompa


Mesmo cantando um estilo diferente do que mostraria nos Live Shows, é nessa apresentação que Jacquie dá uma prévia da “explosão” que seria. É no ápice da performance, quando mostra um pouco do que seria as suas conhecidas high notes, que ela surpreende. É o suspiro no final que deixa tudo espontâneo. É o modo como tudo se encaixou. É o momento onde ela realmente começa a chamar atenção para si mesma. Stompa realmente teve motivo para garantir o seu lugar no top 5.

3° Lugar - Love is Blindness


Jacquie começa de costas, misteriosa, tranqüila, vai ganhando força, crescendo e, de repende, “I’m so sick of it”. Não houve um ser humano que não acreditou em suas palavras. Ela realmente estava “cansada disso” e não havia espaço para dúvidas. É impossível esquecer essa frase ou resistir à tentação de repetir o momento desse grito rouco. Era mais um estilo que ela provava dominar. Estava cantando rock e tudo fluía de uma maneira incrível. A garota do soul, do R&B, da música contemporânea, é também a garota do rock e ninguém questiona isso. 

3° Lugar - And I am telling you I’m not going


O que dizer de uma garota de 16 anos que canta uma música naturalmente difícil, com notas longas, andando por todo o palco como se estivesse em seu próprio show? Ou melhor, ela realmente estava em seu próprio show. Mas de onde vem tanta respiração? De onde vieram aquelas notas sustentadas por incontáveis segundos? De onde veio aquele “I Will” seguido por um “And I am telling you” encaixado imediatamente sem tempo algum para tomar fôlego? É difícil crer que essa música é humanamente possível de ser interpretada ao vivo. É extasiante presenciar Jacquie fazendo isso.

2° Lugar - Angel


Parece que todo mundo foi realmente cativado pela apresentação onde Jacquie mostrou que podia, sim, cantar uma música suave. Era um clássico interpretado milhões de vezes, mas jamais dessa forma. De uma canção linear, ela fez uma apresentação tridimensional. A música, naquele momento, era dela e ninguém podia negar isso. Falsetes perfeitamente executados, olhar e voz em perfeita sincronia na transmissão daquela mensagem. Tristeza, fúria e aceitação. O ápice, quando a banda para e ela canta o verso “from this dark cold hotel room”. Além de vocais impecáveis, foi uma performance emocionante.

1° Lugar - I Put A Spell On You



Parece que não há mesmo para onde fugir. A chocante apresentação de Jacquie no top 20 foi a melhor da temporada e uma das melhores de todas as seasons. O começo foi sombrio e as primeiras palavras já preenchiam todo o ambiente. Não dava pra desviar os olhos daquela menina. Um falsete adorável no “do” de “you better stop the things you do” e então um “I love you” gritado e verdadeiro no momento em que ela retira o microfone do pedestal. Tudo inebriante demais, extraordinário demais, inesperado demais. Mas o melhor ainda estava por vir. O último verso, a última palavra. Nenhum “mine” foi cantado de forma tão espetacular na história desse programa. Seis. SEIS. S-E-I-S. Seis segundos sustentando a high note mais alta dos Live Shows da 5ª temporada. E o sorriso de Jacquie no final da performance mostra que ela tinha consciência do maravilhoso show que havia nos proporcionado. Não há dúvidas de que esse topo é merecido.

Concorda com o Top 5? Fique à vontade para comentar sobre as apresentações e nos diga se a sua preferida ficou de fora!

11 comentários:

  1. Aaaaa,eu gostei do Back to Black,foi como tudo começou

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Também adoramos! Mas, infelizmente, fizemos um ranking pra escolher as performances preferidas dos fãs e nem todas as apresentações (todas incríveis) puderam entrar. Muito obrigada por acrescentar sua opinião! Pode ficar à vontade para opinar sobre tudo! =)

      Excluir
  2. 2 terceiros? mesmo que tivesse dado empate deveria ser 4o ou 3o lugar cada um

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fizemos uma enquete pra escolher as 5 melhores apresentações. Tivemos empates tanto no quarto quanto no terceiro lugar. Até pensamos em colocar apenas 5 músicas e aí pular do terceiro para o quinto, por duas músicas ocuparem a mesma posição. Porém, achamos que seria um desperdício em relação à opinião das pessoas que votaram e têm sua preferência.
      Muito obrigada por comentar! Pode ficar à vontade! Volte sempre!

      Excluir
  3. Gente, onde vcs acharam as performances dela em HD???? Eu juro que procurei em toda a internet e n achei!!!

    ResponderExcluir
  4. Achamos no Vimeo. Tem quase todos nesse canal: https://vimeo.com/user21489863.
    Se você não achar algum vídeo aí, é só pesquisar que provavelmente encontrará. =)
    Muito obrigada por comentar! Esse espaço é nosso e você pode comentar sempre sobre o que quiser!

    ResponderExcluir
  5. Vcs têm alguma informação sobre a extesão vocal da Jacquie?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá! Sabemos que Jacquie é mezzo soprano, pois elas alcança regiões mais altas que as alcançadas por quem é contralto e mais baixas que sopranos. Porém não temos muita noção de sua extensão vocal, mas deve ser aproximadamente 3 oitavas. Contudo, isso é muito relativo, porque com o passar dos anos, ela pode conseguir dominar outras áreas de sua voz, entende?
      Nós, do Jacquie Lee Brasil, agradecemos por comentar. Sinta-se à vontade para falar conosco sobre o que quiser.

      Excluir
  6. Adorei o Top5 !!! porém é muito difícil escolher as cinco melhores apresentações pq ela foi demais no programa, mas eu colocaria a performance de quando ela cantou the voice within pq achei uma puta homenagem pra sua mentora e deu para perceber a emoção que a canção causou !!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Concordo plenamente. As apresentações foram de altíssima qualidade. Escolher as 5 melhores seria uma tarefa ingrata. Por isso fizemos uma votação. Foi realmente muito emocionante a homenagem que a Jacquie fez pra Christina Aguilera. Na minha opinião, a relação entre as duas foi a melhor relação coach-candidato da história do programa. Uma pena que incluímos apenas 5 posições no ranking e "The Voice Within" ficou de fora.

      Excluir

Deus é tudo!